contatoTopo1 contatoTopo1 contatoTopo1

Projetos e patentes

Projetos

Os projetos de pesquisa desenvolvidos no Departamento de Microbiologia tem abrangência nacional e internacional, com apoio de diferentes agências de financiamento  públicas e privadas. Vários projetos já foram e são contemplados dentro de grandes editais, como alguns exemplos abaixo:

  • Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia
  • INCT Vacinas, INCT Dengue, INCT RENAABIO
  • Programa Núcleos Emergentes de Pesquisa - FAPEMIG
  • Programa  Núcleos de Excelência - FAPEMIG
  • Programa Universal FAPEMIG
  • Programa Universal CNPq
  • Programa de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - PADCT
  • CNPq - Rede Nacional de Pesquisa em Leveduras
  • CAPES/Cuba
  • CAPES/MINCYT
  • CAPES - Pró-Equipamentos
  • National Science Foundation (NSF - USA)
  • National Institutes of Health (NIH – USA)
  • MERCK SHARP & DOHME (USA)
  • GEYER (Porto Alegre)
  • Christian Hansen Laboratory (Dinamarca)
  • MERCK (Rio de Janeiro)
  • Natura

Patentes

Muitas das pesquisas desenvolvidas pelos professores e estudantes do Departamento de Microbiologia resultam em diversas patentes de produtos e/ou processos, como alguns exemplos abaixo:

  • Uso de Montelucaste em medicamentos para tratamento de doenças ósseas reabsortivas
  • Uso da levedura Saccharomyces cerevisae cepa UFMG 905 como promotor da redução de micotoxinas em grãos
  • Processo de construção de um cassete de expressão genética para a transformação de bactérias para uso vacinal e seus produtos
  • Lactobacillus crispatus uso como probiótico em infecções vaginais (INPI 230902989566 em 19/05/2009).
  • Biofilme de glicerol e seu uso como agente redutor da produção de micotoxinas em produtos de origem vegetal (PI 1105966-4 em 29/12/2011).
  • Uso da levedura Saccharomyces cerevisiae cepa UFMG 905 como promotor da redução de micotoxinas em grãos (INPI BR10 2014 023447 0 em 16/09/2014).
  • Probióticos para tratamento cosmético da pele. United States Patente and Trademark Office, US Patent Application N0 62/242,017 filed on October 15, 2015.
  • Processo de tratamento de amêndoas de cacau de baixa qualidade e produto obtido
  • Uso de escina, composição antimicrobiana e métodos para retardar e previnir o crescimento fúngico em plantas
  • USO DE SULFATO DE AMÔNIO, COMPOSIÇÃO ANTIMICROBIANA E MÉTODOS PARA RETARDAR E PARA PREVENIR O CRESCIMENTO FÚNGICO EM PLANTAS
  • Processo de produção de micélio, enzimas ligninolíticas e basidioma medicinal por fermentação em estado sólido.
  • USO DE CUMARINA, COMPOSIÇÃO ANTIMICROBIANA E MÉTODOS PARA RETARDAR E PARA PREVENIR O CRESCIMENTO FÚNGICO EM PLANTAS.
  • PROCESSO DE PRODUÇÃO DE CELULASES UTILIZANDO EFLUENTE SANITÁRIO BRUTO.
  • FILMES ATIVOS INCORPORADOS COM ENZIMA POLIGALACTURONASE PARA APLICAÇÃO EM PROCESSAMENTO OU EMBALAGEM DE PRODUTOS DE ORIGEM VEGETAL
  • cOMPOSTOS HETEROCÍCLICOS TIAZÓLICOS, COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS E USO"
  • PROCESSO E MÉTODOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE LEVEDURAS E USOS DOS MEIOS DE CULTURA
  • Precursores dendriméricos bis-funcionalizados, com atividade antimicrobiana e antitumoral e processo de preparação
  • Precursores dendriméricos tris- e tetra-funcionalizados, com atividade antimicrobiana e antitumoral e processo de preparação
  • Precursores dendriméricos bis-funcionalizados com grupos tipo amidina e bioisósteros, com atividade antimicrobiana e antitumoral e processo de preparação.
  • precursores dendriméricos heteroaromáticos e tetra-hidro derivados bis-funcionalizados, com atividade antimicrobiana e antitumoral e processo de preparação.
  • Compostos derivados de aldiminas, composições farmacêuticas e uso.

Contato

Telefone: + 55 31 3409 2732 Fax: +55 31 3409-2733 Email: dmic@icb.ufmg.br


Universidade Federal de Minas Gerais

Avenida Presidente Antônio Carlos, 6627 - ICB -  Bloco F4, Sl 127 , Belo Horizonte - MG, 31270-901

Copyright 2017 © Departamento de Microbiologia, todos os direitos reservados